Reflexão do dia 15 de outubro
MEU INVENTÁRIO, NÃO O SEU
Clique para ver a reflexão na íntegra
Clique aqui para ingressar no aabr

Como posso saber se estou precisando de A.A"

“Consigo manter-me abstêmio durante períodos longos entre bebedeiras. Como posso saber se estou precisando de A.A.?”

A maioria dos membros de A.A. diria que é a maneira pela qual você bebe, e não a freqüência que determina se você é ou não um alcoólico. Muitos bebedores problemas podem passar semanas, meses e às vezes anos entre seus períodos de embriaguez. Durante esses períodos de sobriedade poderão nem pensar em álcool.

Sem esforço mental ou emocional, podem beber ou não beber, mas preferem não beber. Então, por alguma razão inexplicável, ou mesmo sem razão alguma, tomam um "fogo daqueles". Esquecem o emprego, a família e as outras responsabilidades cívicas e sociais.

A farra poderá durar uma noite ou poderá prolongar-se durante dias ou semanas. Ao terminá-la, o bebedor geralmente se sentirá fraco e arrependido, resolvido a jamais permitir que aquilo aconteça de novo. Contudo, acontece novamente.

Essa forma de beber "periodicamente", desconcerta não somente àqueles que rodeiam o bebedor, como também ao próprio bebedor. Não consegue entender como pode interessar-se tão pouco pelo álcool durante os períodos entre as bebedeiras e ainda ter tão pouco controle sobre a bebida uma vez que comece a beber.

O bebedor periódico poderá ou não ser um alcoólico. Mas se os goles têm se tornado incontroláveis e - se o período entre as bebedeiras é cada vez mais curto - é uma boa oportunidade para se encarar o problema com realismo.

Se a pessoa está pronta a admitir, para começar, que é uma alcoólica, então foi dado o primeiro passo em direção a uma sobriedade agradável e contínua desfrutada por milhares de membros de A.A.

Alcoólicos Anônimos do Brasil - Todos os direitos reservados 2019